As telenovelas

As telenovelas embora apresentem enredos pouco originais, com tramas cujo final é previsível tem mudado seu perfil ao longo da última década. Muitos autores e roteiristas têm dado ênfase em temas polêmicos em suas tramas. Temas que permeiam desde questões relativos à saúde, à ética, ao preconceito, ao sexismo: homo e heterossexualismo, ao liberalismo, à religiosidade, à crenças e outros tantos. Entretanto, percebo uma forte cultura presente nas poucas tramas que tive oportunidade de acompanhar que é um forte apelo estimulando à ruptura e mudança de comportamento, principalmente dos jovens. Não somente as novelas Globais, num geral as telenovelas querem (na briga por audiência) ser uma mais ousada que a outra. Neste sentido, reproduzem em suas cenas modelos e comportamentos não comuns ou generalizados para determinada etária. Como exemplo, posso citar o das jovens homossexuais, que no ambiente escolar não sofriam nenhum preconceito (apenas na família). Outro exemplo é o forte apelo sensual que não respeita nem mesmo o horário da transmissão das referidas novelas. As atrizes, cada vez mais produzidas e turbinadas estimulam ao consumismo irracional, onde a embalagem vale mais que o conteúdo. Com isso a mídia dita normas! Alguns dizem: mas é tudo ficção! Sim, é ficção, mas as pessoas, os jovens e até os idosos não vêem assim...
Quanto ao racismo, tanto cultural, sócio-econômico, racial ou sexual é atenuado pelas novelas. Raramente aparecem cenas que representam a realidade. Há sim às vezes uma divulgação ilusória de que certos comportamentos são normais e devem ser aplaudidos porque são “lindos!”. Mas na vida real, os que tentam reproduzir determinados comportamentos sofrem com a rejeição, o preconceito e a incompreensão. A família, até na novela não consegue cumprir suas funções, isso é real. Mas nas entrelinhas, muitas novelas estimulam a rebeldia, a traição, a violência, a intolerância e o desapego. As novelas revelam a fragilidade das relações atuais e leva o telespectador a torcer, muitas vezes pela sua dissolução...
Podemos aprender muito com as novelas e utilizá-las no cotidiano da sala de aula, como fonte de discussão e exemplos bons e ruins de situações da vida, da exposição, da mídia, do consumismo, da excentricidade, da apelação sensual, dos costumes e tradições e principalmente da ética.
Texto produzido para o curso do E-Proinfo A Utilização das Ferramentas da Internet na Sala de Aula Leitura crítica das mídias.
By: Juciene Bertoldo

Roteiro para elaboração do relatório parcial de estágio - 1ª Semestre 2011

Olá Pessoal ...

Abram o roteiro abaixo para elaboração do relatório parcial de Estágio Supervisionado (Turma da Profª Juciene).
Qualquer dúvida entrem em contato!

Modelo de Relatório Parcial de Estágio Supervisionado

Data limite para entrega (Impresso): 30-06-2011

Mitocôndria, máquina fantástica!

Olá pessoas...

Ainda bem que existem pessoas surpreendentemente inteligentes capazes de criar ferramentas cujo valor é inestimável para educação. Em uma tarde de "preparo de aula" encontrei uma série de três vídeos com animações fantásticas, que contam desde o surgimento até o mecanismo de produção de ATP no interior da mitocôndria. São 3 vídeos: o primeiro narra a origem, o segundo fala da estrutura e produção de ATP, através da fosforilação oxidativa e terceiro... bem está em inglês, mas a animação é perfeita!

Título: a mitocôndria em três atos. Vale conferir!

Imagens inéditas em 3D - Células

Imagens inéditas da Nature Methods revelam a divisão celular e a migração dos cromossomos para os pólos na anáfase. Vale conferir!



Ou veja as imagens da BBC no Link:

http://www.estadao.com.br/noticias/vida,tecnica-3d-revela-detalhes-ineditos-de-celulas-vivas,688966,0.htm

Fórum: Quem aí nunca foi vitima de um mau professor?

Diante de tantas discussões sobre a prática pedagógica do professor regente e das reformas que estão ocorrendo na educação pública em Goiás (SEE-Goiás) em que muitos professores e gestores sentiram na pele o impacto das mudanças, umas compreendidas, outras nem tanto, então vem à tona a questão: como anda a prática pedagógica do professor? porque é tão urgente resgatar o professor? o que tem ocorrido entre as quatro paredes da escola? o professor está preparado para a geração Y na sala de aula contemporânea? As reclamações publicadas em muitas redes sociais, comunidades e blogs dão uma idéia da insatisfação do alunado... e aí? de quem é a culpa? ou são vários os culpados?  Existem todos os tipos de declarações: o professor autoritário, o mal amado, o incompetente, o competente, o estrela, o dono da verdade, o cyber-analfabeto, o "mãezona" entre outros inúmeros. Uma das comunidades com maior número de segudores é "Tomara que o professor falte" e "Eu odeio o professor de..." e outras várias. A situação anda crítica! com a degradação moral e familiar em alta, a ausência e incompetência do poder público, em criar e fazer cumprir as leis e a  omissão da igreja tem contribuído para um quadro cada vez mais catastrófico na educação pública, e conseqüentemente na sociedade. E você, o que pensa sobre isso? já foi maltratado na escola? injustiçado? agredido física ou verbalmente? já vou isso acontecer a um colega? conte aqui sua história (mas não cite nomes, nem instituições!):

Como é a vida de quem tem AIDS

Veja as três partes sobre o documentário sobre a vida de quem tem AIDS, do SBT Repórter:



Você conhece alguém que convive com o HIV? conte-nos a história. Por favor, omita qualquer informação que identifique as pessoas...

Abuso de álcool, sexo e direção perigosa na adolescência

Está cada vez mais freqüente número de adolescentes e jovens que morrem em conseqüência de acidentes provocado pela combinação: velocidade, álcool e imprudência. As estimativas indicam que morrem aproximadamente 40 mil adolescentes e jovens por ano no Brasil. São Paulo lidera o ranking de vítimas fatais. Muitas reportagens tem retratado o tema nos últimos dias: Profissão repórter, A Liga, e outros programas tem mostrado o perigoso estilo de vida que os jovens encaram com naturalidade. Baladas, festas rave, bares e noitadas tem levado ao consumo incontrolável de grande quantidade de bebidas alcoólicas. Nas entrevistas e depoimentos é notória a falta de limite e controle por parte dos pais sobre estes jovens que saem cada vez mais cedo para a noite e ficam vulneráveis a vários tipos diferentes de risco. A bebida, usada para "descontrair" , "animar" , "descolar uma gata" em muitos casos foge ao controle e leva ao pronto socorro. O mais impressionante é o discurso irresponsável no tocante ao exercício da sexualidade. Muitos declaram abertamente não usar camisinha quando está "doidão" ou "chapado" pegam o que topar e "curtem" ali mesmo. As meninas gritam por sexo e se exibem de forma vulgar e descontrolada. A falta de informação, respeito próprio e desamor a vida chega a assustar. Veja os depoimentos de jovens ao programa A Liga, exibido em 29 de março:


Algumas meninas engravidam sem sequer se lembrarem com quem transaram... tamanho o "porre" que estavam, daí surge um risco tão assustador quanto a direção alcoolizada: a contaminação pelo Vírus HIV. Segundo o Boletim epidemiológico do Ministério da saúde (janeiro de 2010), para cada 8 meninos que convivem com o vírus HIV, existem 10 meninas.
Quanto custa a sua vida..? veja o vídeo e repense... se você é um adulto.. faça sua parte! ajude um jovem a entender melhor os riscos que existem no mundo dos vícios, excessos, direção perigosa e sexo irresponsável!



Risco de Dengue aumenta em 2011


Enquanto a vacina contra a Dengue não sai e o período chuvoso se arrasta, a epidemia da Dengue volta a assombrar a população. No estado do Rio de Janeiro ela voltou a atacar com força total, até 26 de fevereiro foram registrados 13.144 casos, o que significa um aumento de 689% em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme o Jornal O Globo (http://moglobo.globo.com) na capital a situação é ainda mais crítica. No estado do Paraná o governo decretou estado de alerta em 56 cidades. Estudos do Ministério da Saúde mostram que  70,3% da população do País moram em regiões com possibilidade de surto por infestação do mosquito Aedes aegypt –  transmissor da dengue – o mapeamento indica que no estado de Goiás o risco vai de muito alto a alto. Em Roraima no mês passado o tipo 4 da doença foi confirmado. De acordo com estudo de pesquisadores da Fundação de Medicina Tropical do Amazonas, o vírus tipo 4 (o DENV-4) vem da Venezuela e voltou a infectar pacientes da região, após 25 anos sem registros do vírus no Brasil. As pessoas que já contraíram os tipos 1, 2 e 3 não estão imunes ao tipo 4, portanto a guerra contra o mosquito está longe de acabar. O vírus tipo 2 que fez muitas vítimas em 2002 voltou a atacar, e agora um novo grupo: as crianças, que ainda não apresentam defesas contra este vírus.

Leia mais: http://www.combateadengue.com.br

Quem é a superbactéria?


A superbactéria é uma bactéria multirresistente que circula no ambiente hospitalar. Logo após a epidemia da Gripe A (por H1N1) a notícia de uma superbactéria que é resistente a 90% dos antibióticos, assustam pessoas que precisam se submeter a cirurgias e internações. Um grupo de cientistas chamou a atenção para o isolamento de um gene (NDM-1) em dois tipos comuns de bactérias - Klebsiella pneumoniae e Escherichia coli (E.coli). Essa mutação é responsável por tornar as duas bactérias resistentes aos principais grupos de antibióticos, os carbapenens – normalmente utilizados como última tentativa em tratamentos de emergência em pacientes em que os antibióticos não fazem mais efeito (veja.abril.com.br). A ANVISA reagiu publicando duas novas normas que previnem a infecção pela KPC: As instituições de saúde – públicas e privadas – coloquem a solução alcoólica (70%) em gel à disposição de pacientes, médicos, funcionários, profissionais de saúde e visitantes destes locais, para que possam fazer a higienização das mãos e a obrigatoriedade da retenção de receitas de antibióticos pelas farmácias, o prazo é de 30 dias. A KPC pode ser controlada com medidas simples mas pode ser fatal se não for trata em tempo (www.brasil.gov.br). Até meados de novembro de 2010, 198 casos tinham sido notificados, com 22 mortes confirmadas somente em Brasília. Em outras regiões do Brasil também foram notificadas mortes pela superbactéria: Pernambuco e Mato Grosso, em que foram fechadas duas UTIs em janeiro de 2011.
Tratamento: Há poucos antibióticos disponíveis e eficientes, o principal deles, que age contra a KPC, é a polimixina; que só pode ser deve ser prescrito por um médico.
Sintomas: São normais de uma infecção: febre; dores na bexiga (se for o caso de uma infecção urinária); tosse (se for uma infecção respiratória). Os casos de infecções mais leves são as que atingem o sistema urinário, mas os mais graves são pneumonias, que podem levar à morte(www.not1.com.br).
Fonte da imagem: http://saude.culturamix.com/noticias/descoberta-super-bacteria-perigosa

ANVISA quer cancelar o registro de remédios para emagrecer

No dia 23 de fevereiro a ANVISA (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária) realizou em Brasília uma audiência pública sobre os medicamentos para emagrecer, ou inibidores de apetite, que reuniu médicos e farmacêuticos para discutir o tema com base nos resultados publicados pela farmacovigilância.
O Diretor Dirceu Barbano, afirmou em entrevista que muitas discussões ainda ocorrerão.Os medicamentos à base de sibutramina e dos anorexígenos - anfepramona, femproporex e mazindol, podem ter seu registro  cancelado devido à estudos que associam seu consumo a doenças cardiovasculares e a distúrbios comportamentais.
Leia mais em:
Sibutramina: http://www.cvs.saude.sp.gov.br/at_03-01.asp

Fonte: portal.anvisa.gov.br

10 Atitudes que um professor nunca deve tomar

video

Boca ou vagina, onde tem mais Bactérias?


Artigos científicos indicam a relação direta entre a saúde bucal e o número de microorganismos presentes. Estudos indicam a presença de mais de 500 tipos diferentes de bactérias que podem colonizar nossa cavidade bucal, destas em torndo de 21 são frequentes e 2 de ocorrência rara. Na vagina, é diferente. Em mulheres normais existem cerca de 12 tipos de bactérias: Stafilococcus epidermidis,Streptococcus fecalis, Lactobacillus sp, Corynebacterium sp, E. Coli, Bacteroides fragilis. Fusobacterium sp, Veillonella sp entre outras. Boa parte dessa flora vaginal é composta por bacilos gram-negativos que protegem a vagina contra agentes externos, como por exemplo bactérias patogênicas. Apesar dos dados estatísticos variarem muito, podemos perceber que no final das contas nossa vaigina contém menos microorganismos que nossa boca. talvez essa seja a reazão pela qual muitos americnos frescos não gostem de beijar na boca, ou não beijem as profissionais do sexo...

Seja por nojo ou higiene quem deixa de beijar na boca não sabe o que está perdendendo...

Os efeitos terapêuticos do beijo já está comprovado: ele reduz os níveis de cortisol, o hormônio do estresse em ambos os sexos e aumentam os níveis de oxitocina que motiva o beijo e o abraço.

Portanto... as bactérias que me perdoem... e os frescos também, eu quero mais é beijar muuuuiito todos os dias!

Não agüento mais...


Filme repetido...
Reality Show na TV...
Gente mesquinha...
Amigo da onça...
Café frio...
Velho safado...
Criança irritante...

Continue... envie o que você não agüenta mais!


Fonte da imagem: salvesalveessanega.blogspot.com

A camisinha estourou, e agora?


Que desespero! O inesperado aconteceu,  você está lá de boa com seu “affaire”, e no final da transa ele diz que a camisinha estourou. Se você estiver em um relacionamento estável, em há um conhecimento mútuo, a única preocupação será da possibilidade de uma gravidez indesejada. Neste caso, basta procurar o mais rápido possível um posto de saúde e pedir a pílula do dia seguinte, ou pós-love distribuída pelo Ministério da Saúde (levonorgestrel). A pílula tem uma eficácia de 95% caso seja tomada nas 24 horas seguintes à relação sexual. A pílula do dia seguinte pode ser adquirida em qualquer farmácia ou drogaria. O problema se agrava quanto se trata de uma pessoa casual ou desconhecida. A possibilidade de adquirir uma DST não pode de forma alguma ser ignorada. A AIDS é uma doença grave, incurável e que pode ser transmitida por pessoas “portadoras” de aparência saudável e sexualmente ativa. Como quem vê cara não vê AIDS então você deve tomar a seguinte providência:
Procure um serviço médico especializado, que pode ser encontrado nos grandes hospitais de urgência dos grandes centros. O médico pode prescrever anti-retrovirais (TARV) que se utilizado nas 72 horas após a relação sexual pode ser eficaz na prevenção da infecção por HIV.  
Este tratamento é indicado a pessoas expostas a risco, em caso de acidentes (profissionais da saúde, policiais), ou violência sexual (estrupo, abuso e etc.). O TARV atua diminuindo a probabilidade do vírus entrar no CD4 e se reproduzir.
Para saber mais sobre AIDS e o HIV:
Gostou do Post?  Comente!

A calça que deformou as mulheres...

A calça cocota ou Saint-Tropez (santropê), moda dos anos sessenta... pegava bem com tudo, anéis, brincos, blusa estilo indiana, longas madeixas coloridas e etc. O que ninguém imaginaria é que com o apego à moda e a mudança nos hábitos alimentares a mulher desenvolveu grandes culotes (“pneus”)em boa parte em decorrência da saint-tropezapertadíssima... agora não é fácil simplesmente aderir a cós alto, o corpo já se deformou e a cintura dupla só sai na faca!

                                                                   Fonte da imagem: ateliedasletras.blogspot.com
Aderir ao cós alto não é tão simples, porque não pega bem pra todas... Nas altas e magras define melhor a cintura (aliás, pouca coisa não fica bem em altas e magras rsrsrrs!). Então o que sobra para as pobres mortais que não querem ou não podem entrar na faca, é se adaptar e malhar.

                                                       Fonte da imagem: recalight.blogger.com.br

Pra disfarçar, existem cintas modeladoras milagrosas, tipo a promovida pelo famoso “Dr. Ray” (Shapewere) ou modelos similares que tornam as curvas mais assimétricas. Porém o efeito é temporário e quando se chega em casa, a banha desmorona. Se, falar que é impossível ficar várias horas com aquelas “narquias” apertando a virilha...
 
                                                                          Fonte da imagem: todaoferta.uol.com.br
Resta apelar pra moda dos “Chemisier”, das batas, com tudo larguinho, uns franzidinhos delicados, não tão grandes, nem pequenos que deixa o visual leve e dá ares de liberdade. Veja os Looks das novelas e aprenda a montar o seu próprio visual descolado. Mas não abuse, a moda que ao mesmo tempo favorece as cheinhas, deixa a gente cada dia mais relaxada...

Mensagem de boas vindas!

video

Scinax sp.

Scinax sp.


Foto: Cristno Renato - Quirinópolis-GO

Pseudopaludicola sp.

Pseudopaludicola sp.

Foto: Cristino Renato - Lagoa Santa - GO

Leptodactylus labyrinthicus

Leptodactylus labyrinthicus


Foto: Cristino Renato - Quirinópolis-GO

Rinella schineideri - Juvenil

Rinella schineideri - Juvenil
Fazenda Lageado - Quirinópolis - Go
Foto: Cristino Renato

Scinax berthae - Noite

Scinax berthae
Fazenda Lageado - Quirinópolis - Go
Foto: Cristino Renato

Scinax berthae - coloração diurna

Scinax berthae
Fazenda Lageado - Quirinópolis - Go
Foto: Cristino Renato


Dendropsophus cruzi

Dendropsophus cruzi
Fazenda Lageado - Quirinópolis - Go
Foto: Cristino Renato

Dendropsophus nanus

Dendropsophus nanus
Fazenda Lageado - Quirinópolis - Go
Foto: Cristino Renato - Diurna

Hypsiboas albopunctatus - Coloração diurna

Hypsiboas albopunctatus - Coloração diurna
Fazenda Lageado - Quirinópolis - Go
Foto: Cristino Renato

Caverna... morcegos

Olha que legal... uma Bat caverna em Quirinópolis.
A Equipe de Professores da UEG, com o Projeto Morcegos, esteve lá... inclusive euzinha...
na captura dos bichanos...
A caverna fica na serra da Fortaleza, é pequena mas tem muito morcego!


Laura, Regina e Eu
Olha aí os bichanos... Lindos!

Mi amori no topo da serra... que pose heim?!


Cachoeira do Salgado

Cachoeira maravilhosa da Região do Salgado, Próxima à Escola Mul. Rural Custódio A. Cabral
Na região existem diversas cachoeiras, cada uma mais linda que a outra. Excelente opção para rapel...

Cachoeira Sete Quedas


Cachoeira Sete Quedas, situada no Rio São Francisco. Maravilhosa!

Dicas: como manter seios bonitos e firmes

Os seios representam muito na estética feminina, cada vez mais mulheres recorrem a mamoplastias de aumento e correção nos seios. O implante de silicone é a cirurgia plástica mais procurada entre as mulheres. No entanto para ter seios bonitos, firmes e hidratados são necessários alguns cuidados desde jovem:
·        @  Usar sempre o amigo do peito: o sutiã. Ele ajuda na sustentação dando apoio e firmeza. Os seios não possuem musculatura, sendo sustentados por músculos peitorais. Portanto, por mais que você adore ser livre, leve e solta, pense: com o passar da idade eles cairão mais rápido em função da força da gravidade e da flacidez que inevitavelmente acomete a todas. Mas você pode retardar este efeito dando apoio e sustentação a eles. Deixe de usar o sutiã apenas em ocasiões especiais, festas cujos vestidos ou blusas dispensem ou não permitem o uso do sutiã.
·        @   Hidrate bem, use óleos e bons cremes hidratantes. Faça massagens circulares para tonificar a pele e não se esqueça do “auto exame” minucioso ao final de cada período menstrual (veja a figura abaixo). Quanto mais cedo for detectado qualquer caroço, ou alteração, maior a chance de cura.
·         @  Cuidado com os excessos: carinho faz bem, mas chupar, amassar, apertar pode além de deixá-lo doloridos, acelerar o processo de flacidez.

Plano de Curso - Biologia Celular - FAQUI

PLANO DE CURSO

CURSO: Enfermagem
DISCIPLINA: Biologia Celular e Molecular
PROFESSOR: Msc. Juciene Bertoldo da Silva
CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60h/a
CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4h/a

OBJETIVOS

Objetivo Geral:
Promover o entendimento das estruturas básicas que compõem as células, suas funções, em nível microscópico e molecular, bem como suas inter-relações e instrumentalização.
Objetivos Específicos:
·        Compreender a origem da vida e das células procarióticas e eucarióticas;
·        Reconhecer as principais estruturas celulares em lâminas e micrografias eletrônicas, bem como o funcionamento e manuseio do microscópio óptico;
·        Entender a estrutura microscópica das células de forma geral;
·        Compreender os processos de transformação e armazenamento de energia na célula;
·        Reconhecer as características e funções do núcleo, nucléolo e citoplasma;
·        Relacionar as estruturas das células com as respectivas funções;
·        Indicar as possíveis aplicações práticas dos estudos realizados;
·        Utilizar os conhecimentos em Biologia Celular no cotidiano prático do trabalho;
·        Aplicar as normas da metodologia científica para a sistematização dos estudos e a produção de relatório acadêmico.

EMENTÁRIO

Origem da vida. Procariontes e Eucariontes. Métodos de estudo das células. O Microscópio, vírus e bactérias. Transformação e armazenamento de energia. Membrana Celular. Comunicação entre células. Movimentos celulares. Núcleo (Nucléolo, divisão celular e síntese das proteínas), Conceito e funções das organelas celulares (retículo endoplasmático liso e rugoso, aparelho de golgi, lisossomos, peroxissomos, mitocôndrias, cloroplastos e ribossomos) e integração célula e meio-extracelular.

CONTEÚDO

1 – Introdução e história da Biologia celular e molecular
2 - Métodos de estudo das células.
2.1 - Instrumentos de análise de estruturas biológicas - Microscópios de luz. Partes mecânicas de iluminação e de ampliação.
2.2 - Noções sobre a formação de imagens. Limites e poder de resolução de sistemas ópticos; medidas e unidades em objetiva do microscópio.
3 - Origem da vida
3.1  - Origem e evolução das células
4 - Células Procariontes
4.1 – Organização geral das células procarióticas
4.2 – Micoplasmas , Vírus e Viróides
5 – Células Eucariontes
5.1 – Organização geral das células eucarióticas
6 – Bases moleculares da constituição celular
6.1 – Ácidos nucléicos
6.1 – Hidratos de carbono
6.2 - Lipídios
6.3 - Proteínas
6.4 – Enzimas e sua regulação
7 - Transformação e armazenamento de energia.
8 - Membrana Celular.
9 - Comunicação entre células.
10 - Movimentos celulares.
11 – Núcleo
11.1 – Nucléolo
11.2 - Divisão celular (Mitose e Meiose)
11.3 - Síntese das proteínas
12 - Conceito e funções das organelas celulares
12. 1 - Retículo endoplasmático liso e rugoso,
12.2 - Aparelho de golgi,
12.3 - Lisossomos,
12.4 - Peroxissomos,
12. 5 - Mitocôndrias,
12. 6 - Cloroplastos e ribossomos;
13 - Integração célula e meio-extracelular.

METODOLOGIA

O conteúdo programático será desenvolvido através de aulas teóricas, práticas e apresentação de vídeos, animações, simulações e jogos virtuais com a finalidade de ilustrar  e facilitar a fixação do conteúdo. As aulas teóricas serão expositivas com a participação dos acadêmicos através de discussões e utilização de recursos audiovisuais, quadro-giz e outras ferramentas de interação e ilustração como a carta-didática, modelos anatômicos e etc. As aulas práticas serão sempre ministradas em laboratório, com a utilização de equipamentos, vidrarias e reagentes. Também serão ministradas em sala de aula com a utilização de jogos, produção de modelos anatômicos, recortes e etc.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

N1 e N2:
Relatório e participação nas aulas práticas – 1,0
Multidisciplinar – 2,0 (Prevista em calendário)
Prova escrita do conteúdo bimestral – 5,0 (Prevista em calendário)

Prova escrita prática – 2,0 (Prevista em calendário)
Total: 10,0
N 3 : 1 avaliação escrita – conteúdo dos bimestres de valor: 10,0
Conforme o calendário

ATIVIDADE DE EXTENSÃO

Produção de jogos didáticos sobre as características, estruturas e formas celulares a serem aplicados no 1º período do Ensino Médio, disciplina de Biologia. Os acadêmicos (as) do curso de Enfermagem deverão produzir e trabalhar os jogos com alunos da rede pública estadual de ensino.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

JUNQUEIRA, L.C.; CARNEIRO, J. 2005. Biologia Celular e Molecular. 8ª edição; Ed. Guanabara e Koogan, Rio de Janeiro. 2005.

DE ROBERTIS, E.M.F.; HIB, J. Bases da Biologia Celular e Molecular. 4ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.

ALBERTS, B, JOHNSON, A., LEWIS, J., RAFF, M.; ROBERTS, K.; WALTER, P. 2006.Biologia Molecular da Célula. 5a. Ed., ARTMED, Porto Alegre 2006.
IX – BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ALBERTS, B.; BRAY, D.; HOPKIN, K.; JOHNSON, A.; LEWIS, J.; RAFF, M.; ROBERTS, K. & WALTER, P. 2ª edição. Fundamentos da Biologia Celular. Ed. Artmed, Porto Alegre. 2006

LOTHHAMMER, N.; MATTE, C.; CRUZ, P. F.; SEHN, F.; FERNANDES, M. C. Biologia Celular – Atlas Digital. Porto Alegre: UFRGS/UFCSPA, 2009. Disponível em: http://www.ufrgs.br/biologiacelularatlas e http://histologia.ufcspa.edu.br/

PERIÓDICOS:

Revista de Biologia Neotropical – UFG  Disponível em:http://www.revistas.ufg.br/index.php/RBN

Jornal de Biologia celular – Disponível em: jcb.rupress.org/

Molecular and Cellular Biology – Disponível em: http://mcb.asm.org/


OUTRAS FONTES DE PESQUISAS:

Recursos e atividades virtuais:
Animações em Biologia celular e Molecular:





Jogos de Biologia Celular:




SOARES, C. P;  N. S. SILVA. Práticas de Biologia Celular. UNIVAP. Disponível em:http://biblioteca.univap.br/dados/000001/00000147.PD Acesso em: 30/01/2011.

ASPECTOS DA BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR

Cortina Marrom - Feita em casa

Adoro ambientes escuros, especialmente o quarto ou a sala de TV. Achei esse tecido em promoção, R$ 5,00 o metro! Comprei e fiz esta linda cortina que me saiu por R$ 26,80!
O mais caro foram os ilhós (R$ 0,80 cada) e os ganchos (R$0,50 cada), que juntos somaram R$ 20,10! (Tecido: R$ 5,15 - Linha: R$ 0,90 - Intertela: R$ 0,65).
Foi uma pechincha!

O amor é lindo... e que seja eterno!