Clone no vaso sanitário... deixo ou não ?


Desde crianças somos educados para a saúde, quando nossa mãe nos ensina a lavar bem as mãos e realizar a higiene corporal corretamente. No entanto com o passar do tempo ficamos descuidados e nem sempre seguimos as boas práticas de higiene. Ir ao banheiro e não lavar as mãos, parece absurdo para alguns, mas a verdade é que as estatísticas não mentem: 40% das pessoas ignoram a torneira. Pesquisas recentes com universitários canadenses apontam que apenas 17% lavam as mãos. O simples ato de lavar as mãos evitariam por si só 50% das mortes por diarréia no mundo e várias parasitoses que se transmitem por via fecal-oral. Depois do surgimento da gripe A (H1N1), subtipo da gripe espanhola que causou uma pandemia em 1918, as atenções se voltaram para os hábitos higiênicos. Por um breve período, em que ocorreram os surtos da gripe, as pessoas se preocuparam em lavar bem as mãos e chegaram a pagar altos valores por alguns mls de álcool em gel. Mas passado o susto... tudo volta como antes...
Basta olhar nos banheiros públicos, até mesmo os das escolas, universidades para perceber que nada mudou na concepção de higiene do povo brasileiro. As pessoas tem tanto "nojo" dos "clones" que fazem, que "pensam" que podem se contaminar ao puxar a descarga!
Pior.. talvez alguns gostam de exibir seus "produtos".
Quando você usar um banheiro público, pense... será que eu gostaria de topar um desses ao entrar aqui...
Puxe bem a descarga e lave as mãos!

3 comentários:

dgessica disse...

esse testo é bom para q as pessoas entendam q lavar as mãos não é somente um ato de higiene mas tbm de previnir algumas doenças q podem ser causadas pelas bactérias.

raniele disse...

Este texto é muito interessante,porque transmite o bom conhecimento a respeito de higiene pessoal e o que muita das vezes é fundamental para os alunos
alunos: Sheila, Joao Paulo, Poliana Andrade

martinellem disse...

Muiito legaal sabeer maiis sobre a importanciia da higiene corporal e da educaçãão corporaal!' By: Martinellem Caetano 2° D

Postar um comentário

O amor é lindo... e que seja eterno!